Botafogo

Torcedor agredido por alvinegros era botafoguense: ‘Não sei como ele está vivo’

Esposa relata que levaram até pertences do torcedor agredido: 'Isso é vandalismo puro além de espancado levaram a camisa do Botafogo'

Por Redação Tupi

Foto: Vitor Silva/BFR

O clássico desta quinta-feira entre Botafogo e Flamengo ficou marcado pela violência dentro e fora do estádio. Após o gol do Rubro-negro, um torcedor decidiu ir ao banheiro e logo em seguida ir para casa. Sérgio Fernando Pacheco Cavalcanti, de 38 anos, foi brutalmente espancado por alvinegros por acharem que ele era torcedor do Flamengo. Sua esposa, Ana Paula, em entrevista ao GloboEsporte.com, contou que o taxista sempre foi alvinegro e que até os pertences do torcedor foram levados.

“No momento do gol do Flamengo, ele decidiu ir ao banheiro e depois iria embora. Ele é taxista, trabalhador e pai de família. Meu marido foi espancado ao ponto de estar sem o dente da frente, com escoriações pelo corpo… Ele levou muitas pancadas na cabeça, não sei como ele está vivo. Foi um milagre! Isso é vandalismo puro além de espancado levaram a camisa do Botafogo, o celular e o cordão”.

O taxista está fora de perigo e a esposa do torcedor fez um desabafo.

“Meu marido é pai de família, temos dois filhos e sempre vamos aos jogos. Graças a Deus eu e meu filho não estávamos no estádio ontem. Meu marido nunca foi flamenguista! É triste e lamentável não termos o direito de ir e vir”.

Veja o momento que o torcedor foi covardemente agredido.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Bola em Jogo
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »