Internacional

Eduardo Bolsonaro compara movimento ‘Vidas Negras Importam’ com nazismo

Parlamentar publicou uma imagem de um jogador de beisebol que se recusou a fazer um ato em apoio ao movimento e comparou com foto de um alemão que não fez a saudação nazista

Por Sarah Teófilo/Correio Braziliense

Parlamentar publicou uma imagem de um jogador de beisebol que se recusou a fazer um ato em apoio ao movimento e comparou com foto de um alemão que não fez a saudação nazista
(Foto: Reprodução)

(Por: Sarah Teófilo/Correio Braziliense) O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) fez uma publicação em sua página no Twitter na qual compara o movimento ‘Black Lives Matter’ (em português, vidas negras importam) com o nazismo. O parlamentar publicou uma imagem do jogador de beisebol Sam Coonrod, que na semana passada se recusou a se ajoelhar em campo em um ato de apoio ao movimento antirracista, com uma imagem de um alemão que não fez a saudação nazista.

“Num jogo de beisebol nos EUA, o jogador Sam Coonrod se recusou a fazer o ato quase humilhante de apoio ao black lives matter, movimento que espalha caos onde passa. A imagem lembrou o alemão August Landmesser, que corajosamente se recusou a saudar Hitler”, escreveu o filho do presidente Jair Bolsonaro.

A imagem publicada pelo parlamentar é de fato do alemão August Landmesser. A doutora em antropologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Adriana Dias, que pesquisa sobre nazismo e neonazismo há 19 anos, explicou que ele foi identificado pela filha. Landmesser chegou a pertenceu ao partido nazista, de Adolf Hitler, mas se casou com uma judia, foi expulso, preso e morto.

O jogador Sam Coonrod disse que não se ajoelhou porque é cristão. “Eu não penso que sou melhor que ninguém… Eu sou cristão, então eu só acredito que eu não posso me ajoelhar perante nada além de Deus”, disse à NBC Sports. “Eu só não consigo aceitar algumas coisas que eu li sobre o Vidas Negras Importam; como eles se ‘inclinam’ para o marxismo”, afirmou.

O ato de ficar de joelhos é relativo ao movimento antirracista nos Estados Unidos. Este ano, o país vivenciou uma onda de protestos após a morte de George Floyd, um homem negro que foi sufocado por um policial branco no meio da rua.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Alexandre Ferreira
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
03:00 - Show do Mário Belisário
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »