Conecte-se conosco

Internacional

Evo Morales volta à Bolívia um ano após renuncia

Ex-presidente pretende fazer uma caravana com 800 carros do sul da Bolívia até a região de Cochabamba, onde ele iniciou sua vida política

Publicado

em

Evo Morales (Foto: Reprodução)

Evo Morales (Foto: Reprodução)

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, voltou ao país, nesta segunda-feira (09), às vésperas do dia que completa um ano de sua renúncia. Evo foi recebido por uma multidão na cidade de Villazón. O ex-chefe da federação voltou a pisar na Bolívia um dia após a posso de Luiz Arce, que foi ministro da Economia, como presidente.

Evo Morales renunciou à presidência, em 10 de novembro de 2019, depois de ter sido pressionado por militares. Ele enfrentava a pressão por causa de uma reeleição, que foi contestada pela oposição e pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

O político pretende fazer, na volta ao país, uma caravana com 800 carros que percorrerá mais de mil quilômetros do sul do país até a zona de produção de folhas de coca, em Cochambamba, onde iniciou sua carreira política.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.