Internacional

Procurador-geral autoriza investigações sobre eleição nos EUA

William Barr enviou a autorização aos promotores horas após um encontro com o líder da maioria republicana do Senado, Mitch McConnell

Por Redação Tupi

William Barr, procurador-geral dos EUA (Foto: Department of Justice/ Reprodução)

William Barr, procurador-geral dos EUA, autorizou, nesta segunda-feira (09), promotores federais a investigarem supostas “irregularidades na apuração de votos” na eleição do país. Ele citou ainda a possibilidade de que o rito investigativo ocorra antes da certificação de alguns resultados.

Donald Trump, presidente em exercício nos EUA, sem apresentar nenhuma prova, alega que houve fraude eleitoral na contagem geral que deu vitória ao democrata Joe Biden.

“Eu os autorizo a prosseguir com alegações substanciais de votação e irregularidades na apuração de votos antes da certificação das eleições em suas jurisdições em certos casos, como já fiz em casos específicos”, escreveu Barr. A autorização aos promotores foi enviada horas após um encontro entre Barr e o líder da maioria republicana do Senado, Mitch McConnell.

O procurador-geral não forneceu qualquer indicação de que o Departamento de Justiça apresentou evidências para apoiar a alegação de Trump de fraude maciça na eleição da semana passada. Ele observa que, embora “a maioria das alegações de suposta má conduta eleitoral sejam de tal escala que não impactariam o resultado de uma eleição e, portanto, a investigação pode ser adiada apropriadamente, nem sempre é esse o caso”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »