Brasil

Gilmar Mendes veta missas e cultos em São Paulo e assunto vai ao plenário do STF na quarta-feira

Em julgamento no ano passado, os ministros deram autonomia a governadores e prefeitos para decidirem medidas de isolamento social

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Nelson Jr./SCO/STF)

O Ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes negou, nesta segunda-feira, pedidos do Conselho Nacional de Pastores do Brasil e do Partido Social Democrático (PSD) para derrubar o decreto do governo de São Paulo que vetou atividades religiosas coletivas presenciais durante as fases mais restritivas do plano de combate ao coronavírus.

Com as posições divergentes dele e do ministro Nunes Marques, vai caber ao Plenário do STF  dar uma posição final à questão. A decisão de Nunes Marques foi tomada no âmbito da ADPF 701, ajuizada pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure). Já a determinação de Gilmar Mendes faz parte da tramitação da ADPF 811, movida pelo PSD.

Gilmar Mendes quer que o assunto seja debatido com urgência. O presidente do STF, Luiz Fux, deve levar a questão para análise do plenário na quarta-feira. Em julgamento no ano passado, os ministros deram autonomia a governadores e prefeitos para decidirem medidas de isolamento social.

Comentários
enquete

Quem deve deixar o BBB 21 esta semana?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »