Capital Fluminense

Justiça do Rio mantém prisão temporária de acusado de matar esposa em Vila Isabel

Samy Hammad foi preso no último sábado (30), um dia depois de cometer o crime, em um hotel na cidade de Petrópolis

Por Redação Tupi

 

Polícia busca por suspeito de ter matado esposa no apartamento onde moravam em Vila Isabel
(Foto: Reprodução)

Em audiência de custódia realizada nesta segunda-feira (2), o juiz Rafael de Almeida Rezende manteve a prisão temporária de Samy Foaud Hammad, suspeito de matar a esposa Ayend Cristine Hammad no apartamento do casal, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, na sexta-feira (29).

Ayend foi encontrada no apartamento do casal com o rosto desfigurado e sinais de estrangulamento. Samy foi preso no último sábado (30) em um hotel no Centro de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, para onde havia fugido após cometer o crime.

O casal tem dois filhos, um de 7 anos e outro de 3, que estavam no quarto da casa no momento em que as agressões aconteciam. Ayend chegou a perder um dente pela brutalidade do assassinato.

Durante a audiência, o Ministério Público se manifestou afirmando não ter havido irregularidade na prisão. Já a defesa do acusado requereu a comunicação da prisão ao juízo natural.

Na decisão para manutenção da prisão o juiz Rafael considerou que o mandado de prisão foi expedido regularmente.

“No caso concreto, o mandado de prisão foi regularmente expedido e está dentro do prazo de validade, não se tendo notícias de que a decisão tenha sido alterada posteriormente. Considerando a regularidade do mandado de prisão, eventual pleito defensivo deve ser dirigido ao juízo natural. Comunique-se a prisão do custodiado ao juízo natural.”

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala, Galera
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »