Brasil

Procuradoria pede ao Supremo que tranque inquérito contra procuradores da Lava-Jato

Um dos principais argumentos da PGR é sobre o caráter ilícito da prova usada contra a Força-Tarefa

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

A Procuradoria-Geral da República fez um novo pedido ao Supremo Tribunal Federal para trancar o inquérito aberto pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, contra procuradores da Lava-Jato, com base nos diálogos obtidos por meio de um ataque hacker. Um dos principais argumentos da PGR é sobre o caráter ilícito dessa prova, o que torna impossível o prosseguimento da investigação.

A Procuradoria afirma que, com o advento da Constituição Federal de 1988, a total inadmissibilidade da prova ilícita em processo penal emerge como imperativo ético no Estado brasileiro, estando prevista de modo claro do no art. 5º, LVI, da Constituição Federal: ‘LVI – são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos'”.

A manifestação é assinada pelo subprocurador-geral da República José Adônis Callou de Araújo Sá, que foi designado pelo procurador-geral Augusto Aras para cuidar do caso.

 

Comentários
enquete

Quem deve ser eliminado do BBB21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »