Conecte-se conosco

Mundo

Em Israel, crianças e adolescentes vacinados contra a Covid-19 não tiveram efeitos colaterais graves

A Pfizer/BioNtech está testando a imunização em crianças e adolescentes. O país deve vacinar todos os adultos até abril

Publicado

em

Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Israel, no Oriente Médio, começou a vacinar adolescentes com idade entre 12 a 16 anos de idade contra a Covid-19 com o imunizante da Pfizer/BioNtech. O primeiro ministro Benjamin Netanyahu estima vacinar todos os israelenses de até 16 anos até o fim março.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, nenhuma delas apresentou reação adversa a vacina. Ao todo, 600 adolescentes foram vacinados até o momento.

O governo de Israel já aplicou a primeira dose da vacina em mais da metade da população do país, outros 35 por cento dos israelenses já receberam a segunda dose do imunizante.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *