Mundo

Explosão de grande impacto em Beirute tem ao menos 78 mortes e cerca de 4 mil feridos

Ainda não há informações sobre a causa do impacto

Por Redação Tupi

(Reprodução: Redes Sociais)

Uma explosão de grande impacto atingiu o porto de Beirute, no Líbano, nesta terça-feira (4). De acordo com a imprensa local, ao menos 78 pessoas morreram e cerca de 4 mil ficaram feridas, segundo o ministro da saúde Hamad Hassan, que confirmou a informação durante entrevista coletiva.

Ainda não se sabe o que teria causado a explosão.

Imagens veiculadas nas redes sociais exibem o armazém pegando fogo com luzes, parecidas com as de rojões, acendendo e apagando de forma rápida. Em seguida, o local é consumido por uma explosão.

Confira:

Hassan havia informado que a explosão tinha deixado um “grande número de feridos”, mas horas depois, o ministro começou a divulgar o número de mortes. Entretanto, até o momento, 78 pessoas morreram por conta da explosão.

O ministro da saúde disse também que todos os hospitais da cidade foram orientados a receber os feridos. O Exército também foi chamado, de acordo com informações da agência de notícias estatal NNA.

Durante um comunicado na TV, o presidente da Cruz Vermelha Libanesa, Georges Kettaneh, são apenas “centenas de feridos”, e disse ainda que muitos deles estão presos em escombros de casas; outros estavam sendo resgatados por barcos.

Ainda segundo informações da emissora LBCI, o hospital Hotel Dieu recebeu mais de 500 feridos e já estava sem capacidade para tratar outras pessoas. Várias pessoas precisaram de cirurgia, de acordo com a emissora.

“Vi uma bola de fogo e fumaça sobre Beirute. As pessoas estavam gritando, correndo e sangrando. Varandas de prédios foram destruídas. Vidro de prédios altos caíram e quebraram na rua”, contou uma testemunha das detonações à agência Reuters.

O motivo da explosão ou quais itens estavam no armazém ainda não foi confirmado. O ministro da Saúde disse em um primeiro momento, que tinha fogos artifícios no local. Em seguida, após visita à área da explosão, o chefe de segurança do Líbano, Abbas Ibrahi, revelou que não iria antecipar as investigações.

Durante uma entrevista à MTV Libanesa, o ministro do Interior, Mohamed Fehmi, contou que o local armazenava “nitrato de amônia”.

O presidente do Líbano, Michel Aouon, convocou uma reunião de emergência com a sua equipe para hoje. O governo Libanês decretou um dia de luto nacional nesta quarta-feira (5), em respeito às vítimas.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »