Mundo

Homem é indiciado por desaparecimento de Madeleine McCann há 15 anos

Suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi indiciado na quarta-feira

Por Redação Tupi

Madeleine McCann
(Foto: Reprodução)

Promotores portugueses informaram, nesta quinta-feira (21), que um homem foi identificado como suspeito de do desaparecimento de Madeleine McCann, há 15 anos.

É a primeira vez que os procuradores portugueses identificam um suspeito oficial no caso desde que Kate e Gerry McCann, pais de Madeleine, foram nomeados os principais suspeitos.

Madeleine desapareceu do seu quarto em 3 de maio de 2007, durante umas férias em família na região de Algarve, em Portugal, enquanto os seus pais jantavam com amigos nas proximidades no resort da Praia da Luz.

O suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi indiciado na quarta-feira (20).

Em 2020, as autoridades alemãs afirmaram que Madeleine foi morta e que um homem de 43 anos, Christian B. era o acusado de abusar da menina.

Mas desde então, Christian não foi acusado por nenhum crime relacionado ao desaparecimento de McCann. Ele está preso na Alemanha por estuprar uma mulher na mesma região do Algarve, onde Madeleine desapareceu.

Segundo os investigadores alemães, na época do crime, Christian B. vivia a poucos quilômetros do hotel da Praia da Luz onde a menina desapareceu.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Maio de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Fala, Galera
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »