Conecte-se conosco

Coronavírus

Israelenses enfrentam nova onda de coronavírus

Cidadãos terão que fazer uma nova quarentena com duração de três semanas

Publicado

em

(Foto: Reprodução)

Foto: Reprodução

Os israelenses terão que fazer uma nova quarentena com duração de três semanas devido à segunda onda do coronavírus, que atingiu Israel. O primeiro ministro, Benjamin Netanyahu, anunciou, neste domingo, que a medida vai entrar em vigor, na próxima sexta-feira. Uma das medidas é que os cidadãos estão proibidos de sair de casa, as pessoas não poderão se afastar das residências por mais de 500 metros.

Haverá permissão, mas com restrições, para a locomoção até o trabalho. As reuniões devem se limitar a 10 pessoas em ambientes fechados e 20 em lugares abertos. Permanecerão abertos mercados, farmácias e o aeroporto internacional. Já escolas e shoppings serão fechados. Na semana passada, autoridades impuseram um toque de recolher em cerca de 40 cidades.

Mas isso, não impediu o aumento no número de casos da Covid-19. O governo optou não apenas pelo confinamento geral, mas também estendeu a medida por três semanas, alcançando as festas judaicas, para tentar conter a propagação da doença. O país tem nove milhões de habitantes e registrou 153 mil 759 casos confirmados e mil 108 mortes pela doença até o último domingo, segundo dados da Universidade de Johns Hopkins.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *