Mundo

Mãe filma o filho de 9 anos dizendo que queria morrer após bullying

"Eu realmente não sei mais o que fazer", escreveu ela na legenda da postagem no Facebook

Por Redação Tupi

Foto: (Reprodução/Twitter)

Uma mãe gravou o filho Quaden Bayles, de 9 anos, dizendo que queria se matar após sofrer bullying na escola por seu nanismo. No vídeo, a mãe do menino Yarraka Bayles relata que não sabe mais o que fazer e que a filmagem é um pedido de socorro. Ainda no vídeo, ela mostra o menino chorando e tentando se machucar.

“Eu realmente não sei mais o que fazer”, escreveu ela na legenda da postagem no Facebook.

Yarraka falou também que episódios como esses são comuns na escola e que já ligou diversas vezes para tentar resolver a situação, mas que não consegue. Ela disse que passa 24h do dia vigiando o filho com medo de que algo aconteça. Abalada, a mãe termina o vídeo com uma mensagem.

“Eu costumava dizer ‘apenas ignore’, mas ignorar não resolve o problema! Como ignorar pode melhorar o bullying? Isso precisa ser falado e é isso que eu vou fazer. Toda vez que acontecer algo assim nós vamos fazer um vídeo ao vivo para que as pessoas saibam e, com isso, tentar resolver alguma mudança para que não acontecça com outra família e para não perdemos outra vida para o bullying” disse ela.

#WeStandWithQuaden

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »