Mundo

Na Colômbia, ex-senadora usa moto do Rappi para fugir da prisão

Aída Merlano estava detida desde o ano de 2018 e cumpria pena de 15 anos por corrupção e porte ilegal de armas

Por Redação Tupi

Aída Merlano estava detida desde o ano de 2018 e cumpria pena de 15 anos por corrupção e porte ilegal de armas
(Foto: Reprodução/Facebook)

Na cidade de Bogotá, capital da Colômbia, a ex-senadora Aída Merlano fugiu do presídio no qual estava detida, na última terça-feira, usando uma moto do aplicativo de entregas Rappi. Aída estava presa desde o ano de 2018 e cumpria pena de 15 anos por corrupção e porte ilegal de armas.

A ex-parlamentar estava em uma consulta odontológica, quando fugiu pela janela do prédio utilizando uma corda. Na frente do centro médico, uma moto da Rappi já esperava por ela. Segundo o jornal El Tiempo, assim que informados sobre a fuga, o Instituto Nacional Penitenciário e Prisional (Inpec) da Colômbia acionou a polícia, que realiza buscas por Aída.

Até o momento, a ex-senadora permanece foragida.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »