Conecte-se conosco

Mundo

Prefeito de Nova York declara estado de emergência devido aos milhares imigrantes que chegaram à Cidade

De acordo com Eric Adams, a administração terá que gastar cerca de US$ 1 bilhão

Publicado

em

Foto: EPA / Ansa - Brasil

Eric Adams, o prefeito de Nova York anunciou, nesta sexta-feira (7), estado de emergência, por conta dos milhares de imigrantes latino-americanos que têm chegado à cidade nos últimos meses. Segundo o administrador do Município norte-americano, eles estão sobrecarregando o sistema de abrigos para sem-teto na metrópole. Durante um discurso na Prefeitura, Adams afirmou que para gerenciar o fluxo de imigrantes que solicitam asilo a cidade terá que gastar cerca de US$ 1 bilhão.

Ainda de acordo com o Prefeito, o estado de emergência vai tornar mais fácil a administração, já que mais de 17 mil pessoas chegaram à Nova York desde abril. Adams também criticou o governador do Texas, Greg Abbott, um republicano que busca um terceiro mandato nas eleições. Greg mandou mais de 3.000 imigrantes para Nova York para chamar a atenção para os recordes de travessias na fronteira entre os Estados Unidos da América e o México.

Vale ressaltar que a cidade de El Paso transportou cerca de 7.000 imigrantes de ônibus para Nova York desde o final de agosto, embora os líderes da cidade digam que estão coordenando com autoridades do Município, ao contrário de Abbott. Outra administradora que também declarou estado de emergência pelo mesmo motivo foi Muriel Bowser, prefeita de Washington, D.C. Ela criou, no mês passado, um novo escritório para lidar com os imigrantes que chegam e pediu ajuda financeira ao governo federal.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.