Conecte-se conosco

Mundo

Venda de camisinhas cresce na Índia e motivo é inacreditável

Jovens estão comprando cada vez mais as versões saborizadas do preservativo, mas não para o uso convencional

Publicado

em

camisinha
(Foto: Reprodução/Agência Brasil)

A venda de camisinhas com sabores teve um aumento considerável na Índia nos últimos meses, por um motivo nada convencional. Segundo um portal do país asiático, os jovens estão bebendo a água do cozimento do preservativo, que funciona como um chá alucinógeno.

A polêmica se espalhou após um vendedor de uma farmácia perguntar a um cliente que comprava regularmente a versão com os mais variados sabores do produto. A resposta então foi de que a nova forma de “ficar doidão”.

Segundo o especialista em polímeros, Udayan Basak, entrevistado pela revista norte-americana Vice, a camisinha tem poliuretano em sua composição, o que garante a duração e elasticidade. No entanto, ao ferver esse polímero, é produzido o etilenoglicol, um tipo de álcool que pode deixar quem ingeri-lo eufórico e alucinado.

A sensação é parecida com a de cheirar cola e pode causar intoxicação e vício. Segundo relatos, o efeito alucinógeno dura alguns minutos.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.