Patrulhando a Cidade

Além de tesouradas e golpes com ferro de passar, educadora foi enforcada com um fio, conclui perícia

Polícia Civil apreendeu os objetos usados para matar Angélica Figueiredo de Lima em São Gonçalo

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Peritos realizaram uma inspeção na casa onde a educadora infantil Angélica Figueiredo de Lima, de 42 anos, foi morta, no Bairro Rio D’Ouro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. A vítima sofreu uma tentativa de violência sexual e foi agredida até à morte, na última segunda-feira.

De acordo com a perícia, além dos golpes com uma tesoura, Angélica também foi ferida com um ferro de passar e enforcada com um pedaço de fio. Os objetos usados para torturar e matar a educadora foram apreendidos pela Polícia Civil.

Mesmo ferida, Angélica lutou com o agressor e conseguiu ligar para um parente de um telefone fixo e pediu socorro. Na noite do crime, o assassino fugiu e levou o celular e uma carteira.

Os agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), que investigam o caso, também vão analisar imagens de câmeras de segurança para esclarecer o crime e identificar o assassino.

Comentários
enquete

Mulheres administram melhor o dinheiro do que os homens?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »