Patrulhando a Cidade

Chefe do tráfico do Complexo de Manguinhos é morto durante operação

Thiago é apontado como um dos responsáveis pelo ataque a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Manguinhos, em 2014

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação/PMERJ

O chefe do tráfico de drogas do Complexo de Manguinhos, Thiago Baltar Pereira, conhecido como Furicão ou Papito, foi morto durante uma troca de tiros com policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), nesta segunda-feira. De acordo com a Polícia Civil, os agentes realizavam um patrulhamento nos acessos da comunidade para verificar informações de inteligência quando foram atacados a tiros. O traficante foi baleado, chegou a ser socorrido para o hospital, mas não resistiu.  O caso foi registrado na Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

Thiago é apontado como um dos responsáveis pelo ataque a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Manguinhos, em 2014, que deixou três policiais feridos, incluindo o comandante da UPP à época. O criminoso respondia pelos crimes de associação para o tráfico de drogas, dano ao patrimônio público, explosão, disparo ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha, roubos qualificados, e contra ele constava um mandado de prisão pendente.

 

Comentários
enquete

A verdade é sempre a melhor opção?
Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Radar Tupi
« Programa Anterior
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »