Conecte-se conosco

Baixada Fluminense

Criminosos são presos por desvio de encomendas dos Correios em Nilópolis

Suspeitos confecionavam etiquetas falsas para mudar o endereço de entrega das encomendas, que aabavam sendo devolvidas e roubadas os nos centros postais

Publicado

em

celulares-apreendidos-em-operacao-da-PF-no-Centro-de-Correios-em-Nilopolis
Celulares apreendidos em operação da Polícia Federal no Centro dos Correios em Nilópolis (Foto: Divulgação)

Dois homens foram presos em flagrante, nesta segunda-feira (3), por fraude e desvio de encomendas dos Correios, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Um dos presos é funcionário dos Correios.

A ação, conduzida por policiais federais da Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio e Tráfico Internacional de Armas (DELEPAT), aconteceu no momento em que um dos presos retirava as encomendas importadas no Centro de Distribuição de Nilópolis.

A operação teve o apoio da Coordenação de Segurança Empresarial dos Correios (CSEC-RJ) e resultou na apreensão de celulares de alto valor de mercado.

A fraude

A fraude consistia na confecção de etiquetas falsas que são coladas por cima das etiquetas originais. Dessa forma, os criminosos mudavam o destinatário para um nome falso a receber as encomendas em unidades postais dos bairros para onde as encomendas seriam entregues..

Como os endereços eram falsos, as encomendas eram retiradas diretamente a nas unidades postais.

Esquema semelhante já havia sido desmontado pela DELEPAT em 2019 com a deflagração da Operação Replicante. As investigações prosseguirão com o objetivo de identificar outros integrantes da organização criminosa.

Os presos e outros investigados responderão pelos crimes de Organização Criminosa e Peculato, além de outros que possam surgir no decorrer das investigações.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.