Patrulhando a Cidade

Ministério Público condena major da PM preso em operação contra a milícia de Rio das Pedras

Segundo o MPRJ, Ronald Paulo Pereira era um dos líderes do grupo paramilitar, ao lado de Adriano da Nóbrega

Por Redação Tupi

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) condenou nesta sexta-feira (22) o major da Polícia Militar Ronald Paulo Alves Pereira e Daniel Alves, denunciados durante a Operação Intocáveis, contra a milícia de Rio das Pedras, em 2019.

Ronald foi condenado a 17 anos e 6 meses de prisão. Segundo o MP, ele era um dos líderes do grupo paramilitar, ao lado de Maurício Silva Costa, o Maurição, e de Adriano da Nobrega, o Capitão Adriano. O outro réu, Daniel Alves, irá cumprir pena de 6 anos e 3 meses. Ainda de acordo com o Ministério Público, os dois não poderão recorrer em liberdade.

Maurição foi condenado a 32 anos e 6 meses de prisão em julgamento ocorrido no final do mês de setembro pelos crimes de homicídio e organização criminosa. O GAECO/MPRJ também obteve a condenação de Manoel de Brito Batista, Fabio Campelo Lima e Fabiano Cordeiro Ferreira, o Mágico. Os demais presos na operação Intocáveis serão julgados nos próximos meses.

Agora, já são seis milicianos presos na operação que mirou o primeiro e segundo escalões do grupo paramilitar de Rio das Pedras e Muzema.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »