Capital Fluminense

Polícia Federal prende homem por crime ambiental na Barra da Tijuca

Ação ocorre no âmbito da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico

Por Marcos Antonio de Jesus

Imagens da Arara Apreendida
(Foto: Divulgação / Polícia Federal)

A Polícia Federal prendeu, em flagrante, um homem por utilização de anilha e documentos falsificados enquanto retirava uma arara-canindé de clínica veterinária no Barrashopping, Barra da Tijuca, zona oeste da cidade. A ação identificou que a espécie, que está sob risco de extinção, é bastante procurada no mercado clandestino de animais silvestres e atinge valor superior a R$ 6.000,00.

O animal estava com a pata direita quebrada e foi entregue a pessoa responsável que prestará os cuidados devidos. O possuidor do animal foi encaminhado à Superintendência da PF no Rio, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante pelo crime de uso de documento falso, cuja pena pode chegar a 5 anos de reclusão.

Além disso, foi autuado administrativamente pelo IBAMA por irregularidade na documentação da ave. A investigação, que visa reprimir o tráfico clandestino de animais silvestres, prosseguirá com o objetivo de identificar outros envolvidos, sem prejuízo de eventuais novos crimes cometidos.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »