Patrulhando a Cidade

Polícia prende homem que vendia ternos falsificados para políticos do RJ

João dos Ternos comprava as peças por R$ 200 na 25 de Março, em São Paulo e revendia para deputados e até para o vice-governador por R$ 2 mil

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

Agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) prenderam nesta quinta-feira, um homem suspeito de vender roupas falsificadas para autoridades, advogados e políticos. Entre os clientes estariam o vice-governador Claudio Castro e o deputado estadual Márcio Pacheco, líder do governo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). João de Sá Marques foi capturado no Centro do Rio com 40 ternos falsificados. Ele estava acompanhado da esposa, Lúcia Vitureira Mendes Marques, que também foi presa.

Segundo os agentes, o acusado comprava as peças no comércio da Rua 25 de Março, em São Paulo, por menos de R$ 200, e trocava as etiquetas por marcas de grifes internacionais. As roupas eram revendidas no Rio de Janeiro por valores entre R$ 2 mil e 3 mil. Com o casal, foram apreendidos um carro de luxo, uma máquina de cartão de crédito, 40 ternos com etiquetas de diversas grifes, R$ 3 mil r espécie e um cheque de R$ 2 mil.

Comentários
enquete

Usar as redes sociais é uma boa maneira de terminar um relacionamento?
Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »