Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Policial penal é preso acusado de transportar celulares para dentro de unidades prisionais

Material era vendido aos presos de forma ilícita e utilizado para a prática de crimes

Publicado

em

Policial penal Peterson Lopes da Silva ficará preso no Complexo de Gericinó
Policial penal Peterson Lopes da Silva ficará preso no Complexo de Gericinó (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O Ministério Público do Rio (MPRJ) participou de uma operação com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), nessa quarta-feira (28), para cumprir um mandado de prisão preventiva contra o policial penal Peterson Lopes da Silva, no Complexo Prisional de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste. O agente estava sendo monitorado pela Subsecretaria de Inteligência do Sistema Penitenciário, por meio de um trabalho integrado com o MPRJ.

Segundo as investigações, o policial seria responsável por transportar e levar chips e aparelhos de telefonia celular para dentro de unidades prisionais. O material, comprado em uma loja localizada em Nilópolis, na Baixada Fluminense, era vendido aos presos de forma ilícita e utilizado para a prática de crimes, principalmente extorsões e extorsões mediante falso sequestro.

Além da prisão de Peterson, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal da Regional de Bangu na loja em Nilópolis, na residência do policial penal e no Complexo Prisional de Gericinó. As equipes apreenderam seis telefones celulares, R$29 mil em espécie, um cheque no valor de R$2.600 e quatro armas de fogo.

Veja abaixo imagens das apreensões:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *