Baixada Fluminense

Quatro suspeitos de roubarem combustível e provocar morte de criança em Duque de Caxias são presos

Entre os alvos da Operação Graciosa 3 está um policial militar

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

Quatro dos cinco suspeitos de envolvimento no roubo de combustível em dutos da Petrobras, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foram presos na manhã desta terça-feira e prestam esclarecimentos na Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD), na Cidade da Polícia, no Jacaré, Zona Norte do Rio. Entre os capturados está o policial militar Elton Batista da Silva.

O sargento da PM é apontado como como um dos líderes da organização, o enteado dele, David Florêncio Teixeira, era responsável por escavar os dutos. Os dois já foram ouvidos pela Polícia e já detalharam como a quadrilha agia.

Os outros suspeitos são: José Rodrigo Galo, dono de dois postos de gasolina em Teresópolis, apontado como receptador do combustível e Ricardo Jorge Alves da Silva, líder da milícia de Xerém, no mesmo município.

Ainda na ação,  todos os celulares dos presos foram apreendidos e a polícia vai pedir quebra de sigilo telefônico. Os quatro são alvos da Operação Graciosa 3 realizada pela Polícia Civil, em conjunto com o Ministério Público.

Os policiais cumprem ainda nove mandados de busca e apreensão. A ação acontece Caxias e Mauá, na Baixada Fluminense e em Teresópolis, na Região Serrana do Rio.

 

Vazamento de combustível

Em abril deste ano, Ana Cristina Pacheco, de 9 anos, caiu em uma poça de gasolina, resultado de um vazamento de oleoduto causado pelo furto do combustível. A menina teve 80% do corpo queimado. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu em 23 de maio.

Foto: Reprodução
Comentários
enquete

Amor eterno existe ou homem se casa por acomodação?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »