Mundo

Bolsonaro afirma que só irá aceitar ajuda financeira do G7 caso Macron retire insultos

"Primeiro ele retira, depois ele oferece, daí eu respondo", declarou o presidente na manhã desta terça-feira

Por Redação Tupi

“Primeiro ele retira, depois ele oferece, daí eu respondo”, declarou o presidente na manhã desta terça-feira
(Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou na manhã desta terça-feira que só irá considerar a possibilidade de aceitar o auxílio financeiro dos países do G7 caso o presidente da França, Emmanuel Macron, retire os insultos que fez contra ele e o Brasil. “Primeiro ele retira, depois ele oferece, daí eu respondo”, declarou na saída do Palácio da Alvorada.

De acordo com Bolsonaro, Macron o ofendeu ao chamá-lo de “mentiroso” e ameaçou a soberania do Brasil ao falar sobre a definição de um “status internacional” da Amazônia. As declarações foram dadas após jornalistas questionarem o presidente acerca do motivo da recusa da ajuda de 20 milhões de euros, o equivalente a  R$ 91 milhões, para combater queimadas na Amazônia, oferecida pelo G7.

“Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, que seja das melhores intenções possíveis, ele vai ter que retirar essas palavras e daí a gente pode conversar”, explicou.

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »