Política

Bolsonaro critica auxílio emergencial local e diz que governadores querem ‘dominar o povo’

Para o presidente da República, este tipo de benefício consiste em "quanto mais gente viver de favor do Estado, mais dominado fica esse povo"

Por Redação Tupi

Para o presidente da República, este tipo de benefício consiste em “quanto mais gente viver de favor do Estado, mais dominado fica esse povo”
(Foto: Reprodução/YouTube)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), criticou nesta sexta-feira (12) o fato de governadores pagarem um auxílio emergencial local, em conversa com apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília. De acordo com o chefe do Executivo, este tipo de política consiste em “quanto mais gente viver de favor do Estado, mais dominado fica esse povo”.

“Pessoal vai devagar, devagar, tirando seus meios, tirando sua esperança. Tirando seu ganha-pão. Você passa a ser obrigado a ser sustentado pelo Estado”, afirmou. “Você viu que tem governador agora que está falando em auxílio emergencial? Querem fazer o Bolsa Família próprio. Quanto mais gente vivendo de favor do Estado, mais dominado fica esse povo”, prosseguiu.

A declaração do presidente nesta manhã contou ainda com críticas as medidas de restrição de circulação, adotadas por estados e municípios, com o intuito de conter a disseminação do novo coronavírus. Sobre o auxílio emergencial, a expectativa é que o governo federal deve recomeçar a pagar em abril. Essa nova fase do programa deverá contemplar cerca de 46 milhões de famílias brasileiras.

Comentários
enquete

Caio Afiune mereceu vencer a prova do líder desta semana?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
10 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Fala Garotinho
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
08:00 - Programa Roberto Canazio
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »