Política

Bolsonaro divulga vídeo de Weintraub saindo da sede da PF carregado nos ombros por apoiadores

Presidente respondeu às imagens com o emoji da bandeira do Brasil. A postagem feita por uma apoiadora continha a hashtag #FechadosComWeintraub

Por Ana Mendonça*/Estado de Minas

Presidente respondeu às imagens com o emoji da bandeira do Brasil. A postagem feita por uma apoiadora continha a hashtag #FechadosComWeintraub
(Foto: Reprodução/Twitter)

(Por: Ana Mendonça*/Estado de Minas) O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) divulgou um vídeo, nesta quinta-feira (4), do ministro da Educação, Abraham Weintraub, saindo da sede da Polícia Federal, onde foi prestar depoimento por suposto crime de racismo. Na imagem, o ministro é carregado por apoiadores e grita palavras de ordem em um megafone.

“Eu só tenho uma coisa para falar para vocês, a liberdade é a coisa mais importante da democracia e a primeira coisa que vão tentar calar é a liberdade de expressão”, disse Abraham Weintraub no vídeo, após sair da PF. O presidente respondeu às imagens com o emoji da bandeira do Brasil. A postagem feita por uma apoiadora continha a hashtag #FechadosComWeintraub.

No começo de abril, Weintraub fez insinuações de que a China poderia se beneficiar, de propósito, da crise mundial causada pelo coronavírus em rede social. Depois, ele apagou o texto. A publicação imitava o jeito de falar do personagem Cebolinha, da Turma da Mônica, que troca a letra “R” pela “L”. Na época, foi relatado que o ministro ridicularizou o fato de alguns chineses, quando falam português, efetuam a mesma troca de letras, em função do sotaque. Dias depois, Weintraub afirmou que poderia pedir perdão pela publicação, caso a China se comprometesse a fornecer respiradores ao Brasil.

Na semana passada, um dos filhos do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), defendeu a permanência do ministro no governo. De acordo com ele, as falas de Weintraub, algumas delas contra o Supremo Tribunal Federal (STF), têm apoio de grande parte da população. Ao falar sobre o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, em que Weintraub chama os ministros do Supremo de vagabundos, Eduardo afirma que o aliado “não cometeu crime algum”.

De acordo com o parlamentar, apesar das falas terem sido mal recebidas pelo STF, existe um movimento no Twitter a favor da candidatura de Weintraub ao governo de São Paulo. “E pasmem, ou não pasmem, quando saiu a fala do ministro Abraham Weintraub sobre o STF, a popularidade dele aumentou. As pessoas agora estão começando a pedir o Weintraub para governador de São Paulo.”

Veja o vídeo abaixo:

*Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Julho de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »