Política

Caso Queiroz: Operação do Ministério Público mira família de ex-mulher de Bolsonaro

Investigação foi instaurada em julho do ano passado

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Ministério Público do Rio cumpriu nesta quarta-feira vários mandados de busca e apreensão em endereços de ex-assessores do senador Flávio Bolsonaro. Os policiais procuraram os endereços de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador, familiares e ainda parentes de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro. As medidas cautelares foram pedidas na investigação sobre lavagem de dinheiro e peculato envolvendo Flávio quando ele era deputado estadual.

A suspeita é de que havia um esquema de “rachadinha” no gabinete, ou seja, apropriação de parte do salário dos assessores, além de funcionários fantasmas. Também são alvos das medidas cautelares nove parentes de Ana Cristina Siqueira Valle que foram lotados no gabinete de Flávio durante o período de 2003 e o ano passado.

A investigação foi instaurada em julho do ano passado, após o (Coaf) enviar espontaneamente um relatório ao MP com movimentação atípica de Queiroz num total de 1 milhão e 200 mil reais entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »