Brasil

Chico Rodrigues deve pedir licença do cargo de senador por 4 meses para escapar da cassação

Ideia é tentar reduzir o desgaste provocado pelas investigações e pelo afastamento determinado na semana passada pelo ministro Luís Roberto Barroso

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Jane de Araújo/Agência Senado)

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) deve pedir uma licença não remunerada por quatro meses, segundo pessoas próximas a ele. Postura semelhante deve ser adotada em relação ao partido, o Democratas. A ideia é tentar reduzir o desgaste provocado pelas investigações e pelo afastamento determinado na semana passada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, que ainda deve ser avaliado pelo colegiado da Corte e depende do aval do Senado.

De acordo informações, Rodrigues tem procurado outros parlamentares para tentar costurar um acordo a fim de evitar a cassação. Ele tenta emplacar a tese de que representações contra ele no Conselho de Ética perderiam objeto com o seu afastamento voluntário, assim como a determinação de Barroso pelo seu afastamento por 90 dias.

A decisão monocrática do magistrado incomodou congressistas, que viram na iniciativa uma “interferência indevida” do Judiciário. Em caso da licença por 120 dias, prevista no regimento da Casa Legislativa, quem assume a vaga de Rodrigues é o primeiro suplente. Neste caso, o filho de Chico Rodrigues, Pedro Arthur, que disputou a última eleição na chapa do pai.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »