Brasil

De acordo com Moro, Congresso pode permitir prisão depois da segunda instância

STF decidiu na quinta-feira que um réu só pode ser preso quando não houver mais possibilidade de recursos

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse que o Congresso pode alterar a lei para permitir a prisão de réus após condenação em segunda instância.

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira esse tipo de prisão, por 6 votos a 5. Segundo os ministros, uma pessoa só pode ser presa depois que não houver mais possibilidades de recursos contra a condenação.

O ministro Moro se manifestou após a decisão do Supremo, em nota, ele afirmou que sempre defendeu e continuará defendendo a prisão após a segunda instância.

“Sempre defendi a execução da condenação criminal em segunda instância e continuarei defendendo. A decisão da maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) para aguardar o trânsito em julgado deve ser respeitada. O Congresso pode, de todo modo, alterar a Constituição ou a lei para permitir novamente a execução em segunda instância”, afirmou Moro.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »