Brasil

De acordo com Moro, Congresso pode permitir prisão depois da segunda instância

STF decidiu na quinta-feira que um réu só pode ser preso quando não houver mais possibilidade de recursos

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse que o Congresso pode alterar a lei para permitir a prisão de réus após condenação em segunda instância.

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira esse tipo de prisão, por 6 votos a 5. Segundo os ministros, uma pessoa só pode ser presa depois que não houver mais possibilidades de recursos contra a condenação.

O ministro Moro se manifestou após a decisão do Supremo, em nota, ele afirmou que sempre defendeu e continuará defendendo a prisão após a segunda instância.

“Sempre defendi a execução da condenação criminal em segunda instância e continuarei defendendo. A decisão da maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) para aguardar o trânsito em julgado deve ser respeitada. O Congresso pode, de todo modo, alterar a Constituição ou a lei para permitir novamente a execução em segunda instância”, afirmou Moro.

Comentários
enquete

Os quatro maiores clubes do Rio se sairão melhor na segunda rodada do carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »