Política

Defesa quer novo adiamento do interrogatório de Witzel no Tribunal Especial Misto

Depoimento do governador afastado está previsto para acontecer ainda esta semana

Por Redação Tupi

Depoimento do governador afastado está previsto para acontecer ainda esta semana
(Foto: Reprodução)

A defesa do governador afastado Wilson Witzel quer adiar, por mais uma vez, o interrogatório do ex-juiz no Tribunal Especial Misto. O depoimento de  Witzel, assim como o do ex-secretário estadual de Saúde Edmar Santos, está previsto para ocorrer esta semana, na próxima quarta (07) e quinta-feira (08). Eles são os dois últimos que faltam serem ouvidos para a conclusão do processo de impeachment.

Witzel já teve o depoimento adiado, em dezembro do ano passado, por uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, o STF atendeu a uma solicitação da defesa do governador afastado, que alegou que o interrogatório do político deveria ser o último ato do período de colheita de provas, além de acontecer depois de os advogados terem acesso ao conteúdo da delação premiada de Edmar Santos.

No novo pedido de adiamento, a argumentação usada é de que os advogados de Witzel não tiveram acesso a toda delação de Edmar Santos e que manter o interrogatório nessas situações seria um cerceamento à liberdade de defesa. Todavia, em março deste ano, o novo presidente do Tribunal Especial Misto, desembargador Henrique Figueira, determinou que os representantes do ex-juiz tivessem acesso a todos os depoimentos, assim como a todas as provas anexadas no processo.  Dessa forma, na visão de Figueira, não há razões que impeçam o depoimento agora.

Comentários
enquete

Viih Tube mereceu vencer a prova do líder?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show da Galera
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »