Política

Dr. Jairinho é afastado do Conselho de Ética da Câmara dos Vereadores do Rio

Parlamentar também foi expulso do partido do qual era filiado, o Solidariedade, e teve o salário suspenso

Por Diogo Sampaio

Parlamentar também foi expulso do partido do qual era filiado, o Solidariedade, e teve o salário suspenso
(Foto: Renan Olaz/Câmara Municipal do Rio de Janeiro)

O vereador Dr. Jairinho foi afastado, no início da noite desta quinta-feira (08), do Conselho de Ética da Câmara dos Vereadores do Rio. A decisão tem caráter imediato e trata-se de uma medida cautelar. A votação no Conselho foi unânime pelo afastamento, após a prisão do parlamentar acusado pela morte do enteado Henry Borel.

Os vereadores também decidiram requisitar ao Judiciário os autos da investigação que determinaram a prisão para uma “possível representação contra o parlamentar” por quebra de decoro. É o que relatou o presidente do Conselho, o vereador Alexandre Isquierdo (DEM).

Quem assume a vaga no Conselho de Ética é o suplente de Jairinho, Luiz Ramos Filho (PMN). No entanto, caso o vereador seja inocentado das acusações envolvendo a morte de Henry Borel, ele retorna para comissão.

Após a decisão do Conselho de Ética nesta quinta (08), a reportagem da Super Rádio Tupi conversou a vereadora Teresa Bergher (Cidadania), que protocolou o pedido de afastamento de Jairinho da comissão. Para Teresa, este era o “primeiro passo” que deveria ser dado.

Vale destacar que caso a representação contra o parlamentar seja apresentada pelo Conselho de Ética, ou por dois quintos dos vereadores, Dr Jairinho também será automaticamente afastado do cargo de presidente da Comissão de Constituição e Justiça, cargo este que permanece ocupando oficialmente e que é justamente o órgão responsável por aceitar ou rejeitar denúncias contra os parlamentares.

Com a prisão nesta quinta-feira, o Dr. Jairinho teve o salário automaticamente suspenso pela Câmara do Rio de Janeiro e também ficará automaticamente afastado do exercício do mandato caso tenha a prisão estendida, já que o regulamento da Câmara prevê essa medida a partir do 31º dia de ausência do vereador. Caso o afastamento seja maior do que 120 dias, o suplente Luiz Ramos Filho assumirá a cadeira.

Lembrando que ainda pela manhã, logo após a prisão preventiva, o partido Solidariedade divulgou a expulsão de Dr. Jairinho da legenda.

Comentários
enquete

Quem deve deixar o BBB21 no paredão relâmpago?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »