Brasil

Guedes afirma que prazo para estabilidade de servidor público deve variar de acordo com a carreira

Ministro participou de um evento organizado pelo Tribunal de Contas da União

Por Redação Tupi

Foto: Agência Brasil

Nesta quinta-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a reforma administrativa poderá ter prazos diferentes para que cada carreira tenha a estabilidade no serviço público de acordo com o serviço prestado. A equipe econômica deve enviar ao Congresso o texto nos próximos dias.

“Vamos discutir com cada carreira o tempo de teste. Policiais que precisam correr atrás de bandido podem ter estabilidade mais cedo, mas aqueles ‘carimbadores de papel’ podem ficar estáveis só depois de 15 anos. Vamos debater”, afirmou ele.

Durante palestra no evento Diálogos com o TCU, organizado pelo Tribunal de Contas da União, Guedes também defendeu as medidas já anunciadas essa semana no Plano Mais Brasil para transformar a estrutura do Estado. “Ao mesmo tempo em que abrimos o regime político, não conseguimos transformar economia. Agora temos que transformar a máquina, por meio do novo pacto federativo”, disse ele.

O ministro ainda pediu paciência para que os resultados das medidas adotadas pelo governo Bolsonaro apareçam na economia. “Dá para esperar um ano, um ano e meio?”, reafirmou. “Com o corte de gastos, a taxa de juros já veio de 7% para 5% e vai continuar caindo. Só com a queda da Selic, o gasto com juros vai cair R$ 100 bilhões em 2020”, completou.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »