Política

No Twitter, Bolsonaro posta que multinacionais deixarão Argentina e depois apaga

Perfil do presidente afirmou que as empresas viriam para o Brasil

Por Redação Tupi

(Foto: Carolina Antunes / Presidência da República)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) publicou um “tweet” em seu perfil oficial no Twitter, nesta quarta-feira, afirmando que três multinacionais fechariam fábricas na Argentina e se transfeririam para o Brasil. A mensagem do brasileiro repercutiu na imprensa argentina. Porém, as três empresas citadas não confirmaram. Logo após a publicação, a informação foi apagada.

“MWM, fábrica de motores americanos; Honda, gigante dos automóveis; e L’Oréal anunciaram fechamento de suas fábricas na Argentina e sua instalação no Brasil. A nova confiabilidade do investidor vem para gerar mais empregos e maior giro econômico em nosso país”, dizia a publicação.

Segundo o jornal Clarín, um dos principais jornais argentinos, as empresas negaram a informação divulgada por Bolsonaro. “A Honda não está fechando sua fábrica na Argentina, mas sim manterá suas operações no país como estava previsto”, informou a montadora japonesa. A L’Oreál informou que também continua no país normalmente.

Após a eleição do esquerdista Alberto Fernándes na Argentina, o presidente Bolsonaro tem criticado fortemente a escolha do povo argentino.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »