Política

Pazuello alega problemas de saúde e pode deixar Ministério a qualquer momento, diz jornal

Atual ministro da pasta já teria comunicado ao presidente Jair Bolsonaro sobre o desejo de deixar o cargo

Por Redação Tupi

Atual ministro da pasta já teria comunicado ao presidente Jair Bolsonaro sobre o desejo de deixar o cargo
(Foto: Pedro França/Agência Senado)

O ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, pode deixar nos próximos dias ou horas o comando do Ministério da Saúde. De acordo com informações do jornal O Globo, Pazuello comunicou ao presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), que está com problemas de saúde e, por esse motivo, pediu para deixar o cargo. A alegação é de que ele precisará de mais tempo para se reabilitar.

Ainda de acordo com o jornal, dois médicos cardiologistas são cotados para assumir a Saúde: Ludhmilla Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. A primeira, aliás, se encontrou na tarde deste domingo (14), em Brasília, com Bolsonaro para conversar sobre a possibilidade de assumir o Ministério.

Além desses nomes, o deputado federal Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ), mais conhecido como “Dr. Luizinho”, também é um dos cotados para assumir a pasta. Ele é bem avaliado pelo bloco de partidos denominado como Centrão e é aliado do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Fatores estes que podem ajudá-lo a despontar na disputa.

Vale destacar que, em nota oficial, o Ministério da Saúde afirma que Pazuello “segue à frente da pasta”. “O Ministério da Saúde informa que o ministro Eduardo Pazuello segue à frente da pasta, com sua gestão empenhada nas ações de enfrentamento da pandemia no Brasil”, diz o comunicado divulgado.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »