Economia

Roubo  de cabos será tema  de audiência pública na Câmara Municipal

Vão ser convidados a participar da audiência, as operadoras de serviços de internet e telefonia fixa e móvel, além de representantes da segurança pública

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Câmara Municipal)

As denúncias e reclamações sobre o roubo e o furto de cabos e fios de cobre na cidade, vem aumentando diariamente na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara de Vereadores. Os bairros das zonas Oeste e Norte estão no topo da lista. Moradores denunciam estar ser serviço de internet e telefonia há mais de 2 meses, o que vem causando um grande transtorno neste momento de pandemia, já que muitos estão trabalhando de casa remotamente.

Diante disso, a vereadora Vera Lins (PP), presidente da comissão, vai pedir a realização de uma audiência pública para encontrar uma resposta rápida para que os consumidores não sejam penalizados pela falta do serviço. Vão ser convidados a participar da audiência, as operadoras de serviços de internet e telefonia fixa e móvel, além de representantes da segurança pública.

Ela prepara ainda uma ação para ingressar na justiça pedindo a isenção de cobrança de todos os cliente afetados. “É fato que a falta de fiscalização e repressão colabora para o aumento desse tipo de delito, mas as operadoras não podem se valer desse argumento para não prestar o serviço. Para se ter uma ideia, de acordo com o Sindicato das Empresas de Telefonia, em 2019 foi registrado o roubo de mais de 4 milhões de metros de cabos no Brasil.

Mas os consumidores não podem e nem devem ser prejudicados por isso; pois é obrigação da empresa descontar da fatura o período em que o serviço não foi prestado. Vale lembrar a importância de se guardar todos os protocolos das reclamações feitas aos Serviços de Atendimento ao Cliente das operadoras, bem como as feitas para a Agência Nacional de Telecomunicações” explicou a vereadora.

Ela lembra ainda que caso as operadoras continuem insistindo em cobrar pelo serviço não prestado, o consumidor pode e deve entrar com uma ação na justiça ou através dos órgãos de defesa do consumidor, pedindo uma indenização e a restituição em dobro dos valores, já que essa atitude pode ser considerada uma cobrança indevida e ilegal.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »