Política

Senador da oposição chama de ‘irresponsabilidade atroz’ fazer impeachment de Bolsonaro

Para Randolfe Rodrigues, seria um erro destituir o presidente da República durante pandemia do novo coronavírus

Por Redação Tupi

Randolfe Rodrigues diz que seria um erro destituir o presidente da República durante pandemia do novo coronavírus
(Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

Apesar de ser oposição ao governo Jair Bolsonaro (Sem Partido), o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) declarou ser contra um eventual processo de impeachment do presidente. Randolfe classificou que seria uma “irresponsabilidade atroz” tomar essa decisão de destituí-lo em meio à pandemia do novo coronavírus.

A declaração foi dada por Randolfe durante uma live, realizada pelo portal de notícias Uol, nesta terça-feira, que contou com as participações também da senadora Simone Tebet (MDB-MS) e os deputados federais Kim Kataguiri (DEM-SP) e Osmar Terra (DEM-RS). “Eu sou contrário a qualquer processo de impeachment neste momento. Seria de uma irresponsabilidade atroz. O maior problema do governo é que não temos um discurso único. Se ele não está atentando contra a saúde pública, está atentando contra a federação”, avaliou o senador.

Logo em seguida, foi a vez de Kim completar a fala de Randolfe. “Independentemente das medidas de isolamento, a pandemia é recessiva. A vida não tem preço, mas, do ponto de vista econômico, mais morte é menos mão de obra”, opinou.

O parlamentar defendeu que seria irresponsabilidade demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Para ele, caso isso concretize-se, significará “o derretimento final do governo”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »