Brasil

STF nega pedido de liberdade a Lula provisoriamente

O mérito será julgado em nova data após o recesso dos magistrados

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu retomar, nesta terça-feira, o julgamento de dois habeas corpus apresentados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os ministros negaram provisoriamente a liberdade ao ex-presidente. O mérito será julgado em nova data após o recesso dos magistrados

No primeiro julgamento os ministros, os ministros Edson Fachin, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Cármen Lúcia votaram contra o harbeas corpus e Ricardo Lewandowski votou a favor. O placar foi de 4 votos a 1.

Já no segundo, a turma do STF votou contra a liberação de Lula, por 3 votos a 2. Fachin, Celso de Mello e Cármen Lúcia votaram contra o harbeas corpus, e Gilmar e Lewandowski votaram a favor.

Na ação, os advogados do petista questionavam a conduta do relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça, ministro Felix Fischer, que rejeitou absorver Lula em decisão individual. Para os advogados, ministro não deveria ter decidido sobre o caso sozinho, mas sim deixado a decisão para a Quinta Turma do STJ.

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
21 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »