Brasil

TJ mantém prisão preventiva de Cristiane Brasil

Defesa questiona os argumentos usados pelo desembargador encarregado do caso

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Instagram)

O Tribunal de Justiça do Rio negou o relaxamento ou revogação da prisão preventiva da ex-deputada federal Cristiane Brasil (PTB), presa desde 11 de setembro no âmbito da Operação Catarata 2. A decisão, tomada pelo relator do caso, desembargador Luciano Barreto, nega o pedido liminar apresentado pela defesa no dia primeiro de outubro.

A defesa da filha de Roberto Jefferson questiona os argumentos usados pelo desembargador encarregado do caso, sob justificativa de homicídio qualificado, e declara que o TJ realizou uma prisão arbitrária. “A prisão de Cristiane Brasil é política. Se pegar os autos do processo, tem apenas um delator falando que deu R$ 70 mil para ela, mas não tem nenhum documento comprovando. Teria que haver outros meios de prova para corroborar com a delação”, afirma o advogado Luiz Gustavo Pereira.

Ele alega, ainda, não haver contemporaneidade do ato criminoso, como consta no pedido de prisão preventiva. O parecer definitivo do caso vai ser dado em decisão colegiada no TJRJ, no final do mês, e a defesa está confiante da decisão da turma.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »