Economia

Votação de crédito que garante Plano Safra e BPC é adiada

A expectativa é de que o Congresso vote a matéria até o dia 15 de junho

Por Marco Antônio de Jesus

A expectativa é de que o Congresso vote a matéria até o dia 15 de junho
(Foto: Reprodução/ Internet)

Depois de fracassar, na manhã desta quarta-feira, a tentativa de um acordo sobre o parecer do deputado federal do Maranhão Hildo Rocha (MDB), ao projeto de crédito suplementar no valor de 248 bilhões e 900 milhões de reais, o presidente da Comissão Mista de Orçamento, senador do Piauí Marcelo Castro (MDB), suspendeu até a próxima terça-feira, a discussão do assunto no colegiado.

Segundo a equipe econômica, a autorização do Congresso para esse crédito extra é fundamental para garantir o pagamento de subsídios e benefícios assistenciais sem descumprir a chamada regra de ouro, que impede a emissão de dívida para pagar despesas correntes, como salários.

O governo tem pressa para ver a proposta aprovada. A expectativa do secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, é de que o Congresso vote a matéria até o dia 15 de junho, caso contrário, o Plano Safra 2019/2020 será o primeiro a ser atingido, uma vez que, sem crédito garantido, não pode sequer ser anunciado.

recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Dezembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »