Conecte-se conosco

Rio

Acusada de matar a enteada vai a júri nesta sexta no Rio

Investigações apontam que Cíntia Mariano Cabral tentou envenenar os dois jovens com 'chumbinho'

Publicado

em

Cíntia Mariano
Cíntia Mariano (Foto: Reprodução)

O julgamento de Cintia Mariano Cabral, acusada pela morte da enteada, Fernanda Cabral, de 22 anos, e pela tentativa de homicídio contra o enteado, Bruno Cabral, de 16 anos, será realizada na tarde desta sexta-feira (30).

As investigações apontam que ela tentou envenenar os dois jovens com ‘chumbinho’. O juiz Alexandre Teixeira deve ouvir as testemunhas de defesa e de acusação durante a primeira audiência de instrução no Tribunal de Justiça do Rio.

Presa no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, Cintia também vai prestar depoimento.

As suspeitas sobre a morte de Fernanda Cabral só surgiram quando o irmão dela começou a passar mal depois de um almoço na casa da madrasta, no dia 15 de maio. No local, ele reclamou de ter recebido um feijão amargo e com algumas pedrinhas azuis.

Com a suspeita de que os filhos foram envenenados, a mãe dos jovens foi até a delegacia e a madrasta foi presa.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.