Rio

Câmara do Rio aprova retomada da gestão da Linha Amarela

Vereadores presentes aprovaram, por unanimidade, o projeto

Por Redação Tupi

Tania Rego/Agência Brasil

A primeira votação da Câmara Municipal do Rio que discute o processo de encampação da Linha Amarela, foi aprovada, nesta sexta-feira, por 43 votos favoráveis e nenhum contrário. O projeto de lei é de autoria da prefeitura do Rio que busca tomar o controle de operação da via que liga a Barra da Tijuca a Ilha do Fundão. Segundo os vereadores, o valor cobrado pela empresa é muito alto.

No último domingo, o prefeito Marcelo Crivella permitiu que funcionários com ferramentas destruíssem as cabines de cobrança da praça do pedágio. A prefeitura alega que a Lamsa cobrou R$ 1, 6 bilhões a mais ao longo dos anos, do que o previsto no contrato de concessão. De acordo com o Tribunal de Contas do Município, o valor cobrado a mais aos motoristas foi de R$ 480 milhões.

A segunda votação da matéria será realizada na próxima terça-feira, quando o texto poderá ser emendado. Já a Lamsa se posicionou contra a tomada da concessão e indicou que irá buscar seus direitos na Justiça. A partir da noite de sábado o pedágio volta a ser cobrado nos dois sentidos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
28 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »