Rio

Câmara do Rio aprova retomada da gestão da Linha Amarela

Vereadores presentes aprovaram, por unanimidade, o projeto

Por Redação Tupi

Tania Rego/Agência Brasil

A primeira votação da Câmara Municipal do Rio que discute o processo de encampação da Linha Amarela, foi aprovada, nesta sexta-feira, por 43 votos favoráveis e nenhum contrário. O projeto de lei é de autoria da prefeitura do Rio que busca tomar o controle de operação da via que liga a Barra da Tijuca a Ilha do Fundão. Segundo os vereadores, o valor cobrado pela empresa é muito alto.

No último domingo, o prefeito Marcelo Crivella permitiu que funcionários com ferramentas destruíssem as cabines de cobrança da praça do pedágio. A prefeitura alega que a Lamsa cobrou R$ 1, 6 bilhões a mais ao longo dos anos, do que o previsto no contrato de concessão. De acordo com o Tribunal de Contas do Município, o valor cobrado a mais aos motoristas foi de R$ 480 milhões.

A segunda votação da matéria será realizada na próxima terça-feira, quando o texto poderá ser emendado. Já a Lamsa se posicionou contra a tomada da concessão e indicou que irá buscar seus direitos na Justiça. A partir da noite de sábado o pedágio volta a ser cobrado nos dois sentidos.

Comentários
enquete

Você concorda com as medidas restritivas impostas no Rio?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »