Capital Fluminense

Milicianos comandados por Tandera são presos pela Polícia Civil na Baixada

Adriano Oliveira Ferreira, o 'Inseto', e Edson de Alcântara Vieira, o 'Kiko', foram detidos na região do KM 32, em Nova Iguaçu

Por Lucas Araújo

Apreensão de drogas e armas durante prisão de milicianos em Nova Iguaçu
Apreensão de drogas e armas durante prisão de milicianos em Nova Iguaçu (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira (30), dois milicianos integrantes do grupo liderado por Danilo Dias Lima, o ‘Tandera’, considerado o criminoso mais procurado do Rio de Janeiro. Adriano Oliveira Ferreira, o ‘Inseto’, e Edson de Alcântara Vieira, o ‘Kiko’, foram detidos na região do KM 32, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Eles estava com roupas camufladas, utilizadas na guerra pelo controle do comércio ilegal de gás, água e internet. Marcus Amin, titular da Delegacia de Repressão aos Entorpecentes (DRE), afirma que os dois milicianos fazem parte do grupo de extermínio controlado por ‘Tandera’.

“Essa é mais uma ação da nossa força-tarefa. Dessa vez a DRE prendeu dois braços armados do Danilo, responsáveis por vários homicídios na região da Baixada Fluminense. Eles são do grupo de extermínio que fica sob o comando dos milicianos, tendo sido autores de diversos homicídios ocorridos e em Santa Cruz”, disse.

De acordo com as investigações, ‘Tandera’ tenta assumir o posto de liderança máxima da organização criminosa criada por Wellington da Silva Braga, o ‘Ecko’, morto em uma operação policial em junho deste ano. A herança criminosa também é disputada por seu irmão, Luiz Antônio da Silva Braga, o ‘Zinho’.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »