Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Comlurb e biólogo Mário Moscatelli promovem campanhas de conscientização para manter limpas as lagoas da cidade

Primeira ação acontece na altura do Parque da Catacumba, nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas

Publicado

em

Lagoa Rodrigo de Freitas
Lagoa Rodrigo de Freitas (Foto: Cyro Neves / super Rádio Tupi)

A Comlurb, em parceria com o biólogo Mário Moscatelli, inicia neste sábado (24) uma campanha de conscientização para que a população colabore na manutenção da limpeza das lagoas do Rio de Janeiro. A primeira ação acontece na altura do Parque da Catacumba, nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, a partir das 10h. O evento vai contar com a participação do Chegando de Surpresa, grupo de garis que usam a música e a dança em campanhas de conscientização, e de Renato Sorriso.

“A Comlurb desenvolve durante todo o ano diversas parcerias com instituições e entidades da sociedade civil que trabalham pela conscientização e preservação do meio ambiente. A Companhia apoia os mutirões de limpeza dando o destino final aos resíduos coletados e ajudando na separação e entrega dos materiais potencialmente recicláveis. São ações que fazemos questão de participar e nos ajudam muito para que a população valorize e colabore com o trabalho da Companhia”, lembra o presidente da Comlurb, Flávio Lopes.

Garis
Garis da Prefeitura do Rio (Foto: Divulgação)

A companhia também mantém outras parcerias com Mário Moscatell. Uma equipe de garis ajudou o biólogo no ano passado, durante quatro meses, na manutenção, poda e recolhimento dos resíduos da área de manguezais da própria Lagoa Rodrigo de Freitas. Atualmente o trabalho é feito por Moscatelli com equipe própria. O biólogo também trabalha no replantio dos manguezais na área do Aterro Metropolitano de Gramacho, contratado pela empresa Statled Engenharia, atual gestora do contrato de revitalização do espaço. Atualmente, são 130 hectares, ou 1,3 milhão de m², o que equivale a cerca de 130 campos de futebol do tamanho do Maracanã.

“Um dos problemas graves da Lagoa Rodrigo de Freitas tem sido o descarte irregular de lixo (plásticos, tampinhas, canudinhos etc.). O que a gente precisa realmente é que as pessoas entendam que esse lixo é extremamente perigoso principalmente para a fauna, que não diferencia resíduos de comida, acaba ingerindo e morrendo. Nós ainda perdemos um importante atrativo econômico ambiental da cidade do Rio de Janeiro por conta desse lixo. Estamos pedindo a todos que não joguem lixo nem na água, tampouco nas periferias ou margens das lagoas. A natureza e a economia agradecem!”, enfatiza o biólogo

A Comlurb atua na limpeza da Lagoa Rodrigo de Freitas diariamente com barcos na limpeza do espelho d´água removendo galhos, lixo, e, quando há proliferação de algas, promove a ceifada, a uma profundidade de 1m a 1,5 m. No verão, estes serviços são intensificados. A Companhia também mantém o serviço de coleta náutica, com catamarãs, nas sete ilhas da Barra da Tijuca, todas segundas, quartas e sextas-feiras, com coleta de lixo porta a porta, varrição, capina, roçada, remoção de entulho e galhadas e de bens inservíveis. A Campanha será levada para as outras lagoas da cidade.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.