Conecte-se conosco

Rio

Conheça o projeto que atua em São Gonçalo e busca incentivar sonhos de estudantes no Rio

Programa ASAS – Jovem Protagonista” impactou a vida de 676 jovens gonçalenses de escolas públicas e privadas

Publicado

em

Conheça o projeto que atua em São Gonçalo e busca incentivar sonhos de estudantes no Rio
Conheça o projeto que atua em São Gonçalo e busca incentivar sonhos de estudantes no Rio

O projeto social Brun Educação incentiva os sonhos de estudantes das redes pública e privada de ensino, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Por meio do programa ASAS (Autoconhecimento, Sonho, Atitude e Superação) – Jovem Protagonista, busca promover a realização dos sonhos e transformar a vida de jovens da cidade através da educação.

O programa tem o objetivo de mostrar para jovens que eles podem “voar alto”, que podem sonhar, principalmente, podem realizar seus sonhos e objetivos. E assim transformar suas vidas por meio da educação, a Brun Educação atua em São Gonçalo, mas a ideia é levar as palestras e o projeto para todo estado do Rio de Janeiro, e também para outros estados do país. 

No dia 1º de dezembro será realizado o encerramento do programa ASAS – Jovem Protagonista, no Teatro Municipal de São Gonçalo. O projeto é um programa de formação em projeto de vida e empreendedorismo para estudantes do Ensino Médio de São Gonçalo, cujo objetivo é emancipar os jovens na direção de seu protagonismo e sonhos. Ao todo, 476 estudantes tiveram contato com o projeto, das quais 46 vão receber o certificado. 

São três etapas: o despertar, a mão na massa e o protagonismo. O Bruno começa a primeira etapa com um ciclo de palestras nas escolas, avança para uma formação com os jovens para que eles possam colocar no mundo suas ideias e depois, por último, há o evento de encerramento com a entrega dos certificados e premiação.

A Brun Educação foi fundada em 2012, pelo Bruno Brun, empreendedor social, que conta que a ideia tinha como objetivo auxiliar estudantes a superarem os desafios nas disciplinas mais temidas na escola como, por exemplo, a matemática, a física e a química. Bruno percebeu que nessas matérias, os estudantes tinham maiores lacunas e a partir disso, quase sem querer, ele acabou descobrindo os pilares do projeto.

“Em 2012, iniciamos o projeto com aulas de reforço escolar com uma metodologia personalizada, mas com o passar do tempo fomos percebemos que existiam outras necessidades nos estudantes em desenvolver o autoconhecimento e a independência de estudo. Assim naquela época estabelecemos esses pilares”, conta Bruno.

Dois anos depois, a Brun Educação participou do Shell Iniciativa Jovem – um dos melhores programas de formação em empreendedorismo –, e assim, Bruno conseguiu estruturar seu projeto, acelerar seu negócio e crescer enquanto empreendedor. Foi durante sua passagem no programa que ele percebeu que as escolas precisavam de inovação, suporte e ideias que engajassem os estudantes a irem além.

“Passar pelo programa da Shell me permitiu acessar novos pontos de vista. Eu adequei a metodologia e enxerguei novas oportunidades, como contribuir para o desenvolvimento das escolas. Eu tinha vontade de criar uma escola, porém eu percebi que não precisava ter uma para fazer o que eu queria, eu poderia me tornar parceiros delas e ajudá-las a crescerem no mercado, e assim aconteceu. Além do trabalho com a juventude, a Brun Educação tem a missão de ajudar as escolas a se desenvolverem e a gerarem impactos através da educação”, conclui Bruno.

Hoje, o principal objetivo da Brun Educação, é gerar realização de sonhos por meio da educação. Os pilares da Brun Educação, são como um guia para realização desses sonhos, estimulando o protagonismo, liderança, empreendedorismo, inovação e impacto social.

Neste ano, a Brun Educação foi contemplada com o edital retomada da Shell Iniciativa Jovem 2022, para promover o programa ASAS – Jovem Protagonista, que já impactou mais de 576 jovens por meio de palestras, mas a meta é atingir até 1000 jovens até o final deste ano.

O Bruno conta que sempre desejou ensinar jovens a alcançarem seus sonhos, inspirar, e partir de suas vivências pessoais ele sempre ouvia – “iria voar e alcançar grandes coisas”. Eu nunca entendi o que era isso e muitas pessoas escutam isso, mas na prática não entendem muito. Foi a partir desse entendimento que eu busquei entender como eu poderia ajudar as pessoas a voarem. Foi aí que comecei a colocar muitas coisas que acreditava e o que eu fiz no papel até que eu me perguntei o que precisaríamos ter para voar? Foi aí que vi que tudo que voa tem asas, então, escrevi no papel que precisamos desenvolver as nossas ASAS, mas mal eu sabia que estava diante da minha resposta, afirma ele.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *