Patrulhando a Cidade

Corpo de Policial Civil morto durante operação no Jacarezinho será enterrado nesta sexta-feira

André Leonardo de Mello Frias, de 45 anos, foi baleado na cabeça e não resistiu

Por Redação Tupi

(Reprodução Redes Sociais)

O corpo do inspetor da Polícia Civil, André Leonardo de Mello Frias, de 45 anos, será sepultado nesta sexta-feira, às 15h30, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap. O policial morreu com um tiro na cabeça durante confronto com traficantes na favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, na quinta-feira (6).

O agente estava na corporação desde 2018, era casado e deixa a mãe, que sofreu um AVC há três anos e vive na cama. Ele foi atingido por um tiro na cabeça um pouco depois das 6h, logo no início da operação. O policial chegou a ser socorro para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Outros 24 suspeitos morreram.

Segundo dados, essa foi à ação policial mais letal na história do estado. O objetivo era desarticular uma quadrilha de traficantes que aliciava menores de idade – alguns com apenas 12 anos – para o mundo do crime. Além disso, eles estavam envolvidos em outros crimes, incluindo sequestros de trens que passam pela comunidade.

O delegado Fabrício Oliveira, chefe da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), unidade especial da Polícia Civil, contou que os confrontos se estenderam por toda a comunidade e os criminosos invadiram as casas dos moradores, o que forçou os policiais a entrarem nas residências. Porém, ele negou que tenha havido execuções de suspeitos.

Dos 21 mandados de prisão da operação Exceptis, três foram cumpridos e outros três investigados acabaram mortos.

 



Comentários

Botão Calendário de Vacinação



AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »