Rio

Crivella e Coronel Arruda definem novas propostas no combate ao novo coronavírus

Uso das Forças Armadas, situação dos sem-teto e fiscalização no comércio foram assuntos abordados no encontro

Por Bárbara Roque e Gabriel Melo

Foto: Divulgação

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, se reuniu nesta terça-feira (24) com o Comandante Militar do Leste, general Júlio Cesar de Arruda, com o intuito de decidir quais medidas serão tomadas para combater o novo coronavírus. Após o encontro, no início desta noite, Crivella explicou em quais áreas as Forças Amadas vão atuar nos próximos dias.

“Eles [as Forças Armadas] trouxeram militares do Exército, Aeronáutica e Marinha que vão nos ajudar no processo de vacinação. (…) Também vão nos orientar na desinfecção em locais como portas de hospitais, saídas de metrô e pontos de ônibus.” explicou.

Outro assunto que preocupa a prefeitura do Rio é onde os sem-teto vão ficar nesse período de isolamento social. Crivella esclareceu em quais locais eles serão acomodados.

“Nós estamos dando 3 lugares para os sem-teto: um é o Sambódromo, onde vamos montar toda uma estrutura para colocá-los ali, de certa forma confinados. Outro é um prédio que a Firjan nos cedeu, em Honório Gurgel. São 31.000 m² que estão sendo preparados, no qual vamos religar luz e água. Há também um espaço no Santo Cristo, em um galpão de eventos, onde também vamos colocá-los.”

Crivella também reforça que a fiscalização no comércio tem acontecido e estabelecimentos estão sendo multados. Lojas que estiverem abertas durante o período de isolamento serão autuadas e obrigadas a fechar as portas.

O prefeito reitera sobre a atuação dos médicos e enfermeiros que poderão retirar de 10 a 50 doses da vacina da gripe. Para participar, é preciso preencher o formulário disponível no site: Clique aqui.

Sobre os transportes, Crivella afirmou que o ponto fraco da vigilância são os ônibus que circulam com muita aglomeração. De acordo com o prefeito, os passageiros precisam estar sentados no transporte público. Caso contrário, haverá punição e suspensão das conduções por 24h.

As próximas medidas que serão tomadas no período de curto prazo serão definidas de acordo com o controle de dados. Essas estatísticas têm sido feitas com base nos números recebidos diariamente nas 300 unidades de saúde. Os números são de casos suspeitos, confirmados, de internados e também de pacientes que estão no CTI.

Ao final, o prefeito não descartou a possibilidade da atuação da Garantia e Lei da Ordem (GLO), onde é autorizado o uso Forças Armadas no período da pandemia.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »