Patrulhando a Cidade

Cúpula da segurança se pronuncia sobre o caso Ágatha e política de combate não vai ser modificada

Governador se posicionou sobre o sistema de segurança pública devido à morte de menina no Complexo do Alemão

Por Marcos Antonio de Jesus

Foto: Reprodução

O governador Wilson Witzel e a cúpula da segurança do estado se pronunciaram nesta segunda-feira sobre o caso da menina Ágatha Félix, que morreu na madrugada de sábado após ser baleada nas proximidades da Favela da Fazendinha, no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. O governador lamentou a morte da criança, mas disse que a política de segurança vai prosseguir. Witzel disse que espera que a oposição não transforme a morte da criança em palanque eleitoral.

O secretário da Polícia militar, Coronel Rogério Figueiredo, também lamentou a morte da menina e disse que no dia em que ela foi baleada não havia operação.

O secretário da Polícia Civil, delegado Marcos Vinícius, disse que a política de segurança não está sendo investigada e sim a morte da criança. Para ele o Rio está vivendo um bom momento na área de segurança pública.

Coordenador dos departamentos de Homicídios do Estado, delegado Antonio Ricardo, informou que as armas dos policiais envolvidos no caso foram recolhidas e que o resultado do confronto balístico deve ser conhecido ainda esta semana.

Comentários
enquete

Mulheres administram melhor o dinheiro do que os homens?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
17 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »