Jornalismo

Deputada Flordelis permanece sem tornozeleira eletrônica, depois de 15 dias da decisão

Oficiais não conseguem intimar a deputada nem em Niterói, onde ela mora, nem em Brasília, onde trabalha

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

Neste sábado (3)  completa 15 dias da determinação da Justiça para que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) seja monitorada por tornozeleira eletrônica e se mantenha em recolhimento domiciliar das 23h às 6h. Contudo, Flordelis ainda não compareceu à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) para colocar o aparelho.

O Tribunal de Justiça alega que oficiais não conseguem intimá-la nem em Niterói, onde ela mora, nem em Brasília, onde trabalha. Por isso, a juíza da 3ª vara criminal de Niterói, Nearis dos Santos Carvalho Arce, determinou na quinta-feira (1º) que os advogados da deputada fornecessem os números dos telefones dela e que a intimação seja feita até mesmo fora do horário de expediente, com auxílio da força policial, se necessário. O prazo determinado pela juíza termina hoje.

A deputada e os filhos são réus em processo sobre a morte do marido, pastor Anderson do Carmo, assassinado dentro de sua própria casa em Niterói, em junho do ano passado.

Comentários
enquete

Você concorda com as medidas restritivas impostas no Rio?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
04 de Março de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »