Conecte-se conosco

Região Serrana

Diretor da Companhia de Trânsito de Petrópolis é alvo de operação da Polícia Civil

Investigações apontam que Jamil Sabrá Neto chefiou esquema envolvendo o favorecimento de empresas prestadoras de serviço para a terceirização de mão de obra na companhia

Publicado

em

Diretor presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Jamil Miguel Sabrá Neto
Diretor presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Jamil Miguel Sabrá Neto (Foto: Reprodução)

O ex-vereador de Petrópolis, Jamil Sabrá Neto, atual diretor da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes, é alvo de uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público, na manhã desta sexta feira (12).

Investigações da Delegacia de Petrópolis apontam que Jamil chefiou um esquema de corrupção envolvendo o favorecimento de empresas prestadoras de serviço para a terceirização de mão de obra na reconstrução dos bairros destruídos pelo temporal que atingiu a cidade no início do ano.

Ao todo, os agentes cumprem 13 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1º Vara Criminal de Petrópolis. Até a última atualização desta reportagem, dinheiro em espécie, que ainda não foi contabilizado, foi apreendido.

Dinheiro apreendido em operação  que investiga corrupção na Companhia de Trânsito de Petrópolis
Dinheiro apreendido em operação que investiga corrupção na Companhia de Trânsito de Petrópolis (Foto: Divulgação)

A Justiça solicitou ainda o afastamento de Jamil do cargo de diretor da companhia, mas a entidade ainda não se pronunciou sobre as investigações.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.