Jornalismo

Esposa de Fabrício Queiroz está em casa na Zona Oeste do Rio

Márcia Oliveira de Aguiar aguarda instruções sobre colocação da tornozeleira eletrônica

Por Marcelo Silva

(Foto: Reprodução)

Após três semanas sendo considerada foragida, Márcia Oliveira de Aguiar, esposa de Fabrício Queiroz, está em casa e aguarda instruções sobre a colocação da tornozeleira eletrônica. A informação foi confirmada pelo o advogado Paulo Emílio Catta Preta, que representa a defesa do casal.

Por meio de nota, a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) informou que Márcia Oliveira de Aguiar tem cinco dias úteis contados, após notificação feita pela justiça, para se apresentar à Secretaria e instalar a tornozeleira eletrônica, conforme decisão judicial. A instalação do equipamento ocorrerá na Coordenação de Patronato Magarinos Torres, na Rua Frei Caneca, nº 401, no Estácio, Zona Norte do Rio.

A esposa de Fabrício Queiroz está na residência do casal no bairro da Taquara, Zona Oeste da Capital Fluminense. Márcia e o ex-assessor parlamentar que deixou o Complexo de Gericinó na noite de ontem, devem cumprir prisão preventiva no imóvel e permanecer à disposição da Justiça.

A medida foi estabelecida na decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha que concedeu prisão domiciliar ao casal. O magistrado aceitou as alegações da defesa da família Queiroz, sobre o risco de contaminação pela Covid-19 dentro da cadeia.

Os advogados dizem que Queiroz tem câncer no cólon e recentemente passou por uma cirurgia de próstata. O ex-assessor parlamentar de Flávio Bolsonaro saiu da penitenciária a pé, por volta das 22h.

Queiroz foi preso em uma casa de Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, em Atibaia, no interior de São Paulo. Ele estava no local há cerca de um ano. A polícia, que monitorava a residência há aproximadamente um mês, precisou arrombar a porta e o portão do imóvel.

O PM é investigado no esquema de “rachadinha” que funcionaria no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), quando o filho do presidente Jair Bolsonaro foi deputado estadual. Ele também é investigado por lavagem de dinheiro em transações imobiliárias com valores de compra e venda fraudados.

Nós procuramos a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) a qual informou que Márcia Oliveira de Aguiar tem cinco dias úteis contados, após notificação feita pela justiça, para se apresentar à Secretaria e instalar a tornozeleira eletrônica, conforme decisão judicial.

A instalação do equipamento ocorrerá na Coordenação de Patronato Magarinos Torres, na Rua Frei Caneca, nº 401, no Estácio, Zona Norte do Rio.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Francisco Barbosa
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »